Seguidores

sábado, 8 de dezembro de 2012

MENSAGEM TEXTUAL DE BÁRBARA PINHEIRO - Honrando a Deus teus Celeiros se Encherão – Pv. 3: 9,10 a)

“Honra ao Senhor com a tua fazenda e com as primícias de toda a tua renda, e se encherão os teus celeiros abundantemente.” O versículo a qual lemos manda-nos “honrar ao Senhor”. Honrar significa: homenagear venerar, dar glória, cultuar e também agir com honestidade para com o Senhor. 1. E porque devemos honrar ao Senhor? Porque o Senhor tem sido bondoso para conosco, tudo o que temos vem do Senhor, diz o Salmo de nº 24 que “Do Senhor é a terra, e a sua plenitude, o mundo e todos os que nele habitam.” Honrar ao Senhor com a tua fazenda significa ser honesto com os bens que o Senhor tem de dado, homenageando a Ele com as primícias de tudo que Ele tem feito por ti. Isto é, dando ao Senhor o seu melhor. Quando plantamos algum fruto, esperamos com ansiedade e grande desejo para vê-lo ser gerado e crescer. Com este mesmo sentimento de alegria devemos dar ao Senhor. O Salmo de nº 100 nos manda “servi ao Senhor com alegria”. Só serve quem é servo! Se você é servo do Senhor, então sirva a Ele com alegria! Quando deixamos de contribuir ou dar ao Senhor a sua parte, mostramos a ausência de amor, e nossa ingratidão para com Ele. a. Contribuir ou dar é uma forma de mostrar nossa gratidão para com Ele; b. Contribuir ou dar, não é o mesmo que pagar, pois é impossível pagar a Deus pelas inúmeras bênçãos recebidas; (como diz o hino Conta as bênçãos...) c. Contribuir é demonstrar amor á Casa de Deus ( 1 Crônicas 29: 1-9) Um dos segredos da benção de Deus sobre Davi, é que ele amava a “Casa do Senhor”. d. Quem ama cuida, zela, tem prazer em doar e em contribuir; Aquele que honra ao Senhor com o que tem, marca para sempre o coração de Deus, e o Senhor lhe envia providência segundo cada necessidade. Pois Ele é Deus zeloso, e espera de nós que sejamos gratos a Ele, e assim de maneira alguma Ele será ingrato para qualquer um de nós! Honre ao Senhor e os teus celeiros se encherão abundantemente! 1º Testemunho: Estava eu em um Congresso de Missões em Paranaguá - PR, tinha R$ 100,00 –único dinheiro e mais nada, entreguei todo ele de oferta – resultado (recebi R$ 1300 de oferta de um casal abençoado, passagens aéreas para mais 2 congressos, mala cheia de roupas e sapatos novos)Glória a Deus, honre ao Senhor e teus celeiros se encherão! 2º Testemunho: Entreguei R$ 2,00 de oferta numa manhã pentecostal na minha congregação no km 07 – único dinheiro da bolsa, estava ministrando sobre ofertar – resultado (na mesma manhã recebi 100,00 de oferta de uma irmã) Deus nos deu o exemplo dando o seu Filho em favor de nós! (Jo 3:16) 2. O que acontece quando não contribuímos? a. Atraímos maldição sobre nossas vidas, “O que dá ao pobre não terá necessidade, mas o que esconde os olhos terá muitas maldições.” (Pv. 28:27) b. Quando não contribuímos mostramos falta de fé e de obras e damos permissão para o devorador entrar e acabar com o que temos. A bíblia nos diz que “a fé sem obras é morta, e que as obras sem fé para nada aproveita”. Comece a exercitar a sua fé fazendo uma grande obra para o Senhor, e os teus celeiros se encherão abundantemente! Diz a Palavra do Senhor “fazei prova de mim, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma benção tal que dela vos advenha a maior abastança. E por causa de vós repreenderei o devorador.” (Malaquias 3: 10 e 11 a). Quando contribuímos Deus nos livra do mal, protege a nossa vida, Ele nos assiste no leito da enfermidade, temos benção garantida e o retorno vem certo! Boa medida, recalcada, sacudida e transbordante! Deus tem abundância para tua vida! 3. Como deve ser minha contribuição? a. Deve ser voluntária: Deus ama quem dá com alegria (2 Co 9: 7b) b. Deve ser por gratidão, de coração e com propósito (2 Co 9: 7 a) c. Deve ser um sacrifício de louvor (2 Co 8: 2-4) d. Deve ser o melhor: Deus nos deu o melhor: seu único filho! (Jo 3:¨16) Dê o melhor pra Deus e os teus celeiros se encherão de providência, de paz, de alegria, de esperança, de cura e de grandes vitórias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário